Comunidade acadêmica escolhe novo reitor da UFPA

O professor Emmanuel Tourinho, da chapa "E+ UFPA: + democrática + diversa e + plural", foi eleito o novo reitor da UFPA para o quadriênio 2016-2020. A eleição iniciou às 8h da manhã desta quarta (29) e se estendeu até as 21h.

Em Castanhal, houve duas urnas e mais duas nos polos do interior, que são vinculados ao Campus. “Tivemos a 38ª seção no auditório Nazaré Sá e a 39ª seção no Instituto de Medicina Veterinária, além da 55ª seção no Polo de Mãe do Rio, onde há turmas do PARFOR e do curso intensivo de Pedagogia e a 57ª no Polo de São Caetano de Odivelas, para que os alunos do PARFOR votassem”, esclareceu o professor Leônidas Olegário de Carvalho, presidente da Subcomissão Eleitoral do Campus de Castanhal.

O candidato vencedor teve a maioria dos votos dos docentes do Campus Castanhal. Foram 133 votos contra os 17 do segundo colocado, o professor Edson Ortiz. Os alunos de Castanhal deram 98 votos à chapa vencedora, sendo 92 para a candidata Vera Jacob e 17 para o professor Ortiz. Entre os técnicos, a votação ficou assim: 22 optaram por Edson Ortiz, 12 por Emmanuel Tourinho e 01 votou em Vera Jacob.

Para o professor Leônidas Olegário, o trabalho da Subcomissão, orientado pela Comissão Eleitoral de Belém, dos mesários e dos fiscais garantiu o sucesso da eleição. “As atividades transcorreram dentro da normalidade e sempre tendo apoio direto da Comissão Eleitoral. Eu gostaria de agradecer a todos os mesários que nos acompanharam na recepção dos votos com atenção, seriedade e responsabilidade que o trabalho nos exige, assim como aos fiscais das chapas concorrentes, que se fizeram presentes durante a recepção e apuração dos votos, garantindo, ao pleito, a certeza de um processo lícito e transparente”.

Mesmo com a divulgação do resultado da consulta à comunidade universitária, o vencedor ainda não será reitor da UFPA, pois é necessária a homologação pelo Conselho Superior Universitário (Consun), que também irá elaborar a lista tríplice com os três nomes mais votados para encaminhamento ao Ministério da Educação, que é quem nomeia o novo reitor.

O(a) novo(a) gestor(a) será imediatamente empossado, já que ele tem até o dia 16 de julho para assumir o cargo, ou seja, 60 dias após a renúncia do ex-reitor Carlos Maneschy, que ocorreu no último dia 17 de maio.

Os números finais do pleito para a reitoria da UFPA ainda serão divulgados pela Comissão Eleitoral de Belém.

Texto e fotos: Ascom – UFPA/Castanhal

Additional information