Projeto incentiva leitura e produção escrita de alunos de escolas castanhalenses

Duas professoras do Campus da UFPA/Castanhal, Zilda Paiva e Márcia Ohuschi, da Faculdade de Letras, estão à frente de um projeto que tem despertado o interesse de vários jovens para o mundo da leitura e que visa reelaborar e repensar os materiais que as instituições utilizam no ensino da língua portuguesa.

“O Projeto Práticas de Linguagem e Formação Docente tem como objetivo refletir sobre as práticas no processo de ensino-aprendizagem de Língua Portuguesa, com o intuito de contribuir na formação inicial e continuada do professor”, conta a professora Zilda Paiva, que também relata como o projeto chegou até a Escola Estadual Rotary Clube de Castanhal. “Foi a escola que nos procurou, para que ajudássemos nas dificuldades que estava enfrentando”.

Dificuldades essas que são relatadas pela professora Roseane Monteiro, que ministra aulas de Português na Escola Rotary Clube. “Logo no início das aulas, detectamos problemas sérios de leitura e de produção textual com as turmas”.

A docente Márcia Ohuschi, que também coordena o projeto, relata outras dificuldades encontradas pelos professores das escolas que tem visitado. “São três os maiores problemas: na prática da leitura, a dificuldade que o aluno tem na compreensão e na interpretação de textos; a dificuldade na escrita, em todos os seus aspectos, ao se produzir um texto; e a análise linguística”, conta.

Mas o projeto vem fazendo a diferença na escola e a parceria tem sido satisfatória, como conta a Coordenadora Pedagógica da escola Rotary, Professora Vanilda Melo. “O projeto colaborou muito para que nós pudéssemos ter alunos escrevendo e lendo melhor, e o contato com alunos da faculdade desperta, também, o desejo deles de estarem na Universidade”, conclui.

Texto: Ascom – UFPA/Castanhal
Fotos: Acervos das professoras Márcia Ohuschi e Roseane Monteiro

Additional information