Divulgado o resultado final do Mestrado em Estudos Antrópicos na Amazônia

Foi um processo disputado por mais de 500 candidatos. As etapas da seleção envolveram prova de proficiência em língua estrangeira, prova escrita, entrevista e análise do currículo. E nesta sexta (24), finalmente, o Programa de Pós-Graduação em Estudos Antrópicos na Amazônia (PPGEAA) divulgou o tão esperado resultado final da seleção para o primeiro mestrado interdisciplinar da UFPA em Castanhal.

O coordenador do PPGEAA, professor José Guilherme, pontuou quais foram os objetivos dessa etapa final da seleção, que preencheu as 24 vagas ofertadas.

“Essa fase final teve muito mais a ver com a proposição do próprio Programa, com aquilo que nós queremos formar, que nós queremos construir enquanto pesquisa na Região, do que propriamente com algum dado técnico de uma disciplina ou conteúdo”, explicou o coordenador, que também falou sobre as razões pelas quais alguns candidatos foram desclassificados.

“Eu penso nas pessoas que não foram aprovadas, pois elas precisam de uma satisfação. Algumas tinham excelentes projetos, mas não têm uma trajetória acadêmica que justifique a aprovação. E o contrário também aconteceu: havia candidatos com experiência acadêmica, mas que, nesse momento, não se saíram bem na entrevista, ou o projeto não se adequava às nossas linhas de pesquisa”.

E foi com o projeto intitulado “Avaliação dos Impactos na Saúde de Ribeirinhos após o Naufrágio da Embarcação com Bois Vivos em Vila do Conde, Barcarena/PA”, que a professora Jucimeire Rocha Macêdo conquistou uma das 9 vagas ofertadas para a linha de pesquisa Ambiente, Saúde e Práticas Culturais. Ela destaca as motivações para se inscrever na seleção do mestrado.

“Eu vi a possibilidade de compreender com maior profundidade a comunidade onde resido, minha amada Vila do Conde, transformar e intervir para minimizar os impactos sociais, ecológicos e na saúde da comunidade, já que a essência do programa visa articular medidas concretas para reverter os impactos antrópicos”.

Jucimeire, que é ex-aluna do curso de Educação Física do Campus Castanhal, fez sua avaliação sobre as etapas que compreenderam o processo seletivo realizado pelo PPGEAA.

“A seleção do Mestrado foi muito bem organizada e sistematizada, pois respeitou os prazos em todas as etapas do processo”, concluiu.

Os 24 aprovados devem comparecer ao Auditório do GETI no dia 29 de março, às 9h, para receberem as orientações acadêmicas. Nos dias 30 e 31, as matrículas serão realizadas na Secretaria do PPGEAA, situada à Av. Maximino Porpino, nº 1000, bairro do Centro, próximo à BR-316.

A aula inaugural do Mestrado em Estudos Antrópicos na Amazônia será realizada no dia 03 de abril, no Auditório do GETI (Campus I da UFPA/Castanhal), às 10h da manhã.

Clique aqui para conferir o resultado referente à linha de Pesquisa Ambiente, Saúde e Práticas Culturais e aqui para o resultado da linha Linguagens, Tecnologia e Saberes Culturais.

Texto: Paula Lopes – Ascom UFPA/Castanhal

Additional information