Home » Articles posted by Paula Lopes

Author Archives: Paula Lopes

Projeto da Faculdade de Educação Física realiza encerramento de oficina de atividades circenses

Na manhã desta quinta, 02 de dezembro, ocorreu, no Ginásio  de Esportes da UFPA/Castanhal, o encerramento da oficina de atividades circenses, promovida pelo projeto “Laboratório de Linguagens e Expressão Corporal”, coordenado pela professora Dalva dos Santos, da Faculdade de Educação Física.

A coordenadora falou sobre os objetivos do projeto e da oficina, que contou com a participação de alunos do Campus e, também, de pessoas da comunidade acadêmica em geral.

“A pretensão do projeto é buscar práticas corporais para além daquilo que é historicamente ensinado no curso de Educação Física: o jogo, a ginástica, a dança, os esportes. Nesta oficina nós trabalhamos com atividades circenses, mas ainda vamos explorar a capoeira, além de outras atividades ligadas à questão da linguagem. O projeto também prevê estudos teóricos e pesquisas”, esclareceu a professora Dalva dos Santos.

Yure Lee Almeida, bolsista do projeto, falou sobre o planejamento para a realização da oficina, considerando que a pandemia de Covid-19 ainda não acabou.

“Passamos o ano fazendo planos de aula e planos de curso na expectativa de realizarmos atividades presenciais ainda em 2021. Como houve o bandeiramento verde, nós estamos aqui mantendo todos os cuidados e observando todos os protocolos possíveis, com a utilização de máscara e álcool em gel e tudo é feito em um ambiente bem arejado”, elencou o bolsista, que também pontuou os benefícios da oficina.

“Essa é uma atividade de formação para que os participantes conheçam e concebam práticas pedagógicas ligadas ao circo. Por mais que para alguns pareça algo que não se encaixa com a pedagogia da Educação Física escolar, esse tipo de atividade, ao trazer noções de equilíbrio, de movimentação, de coordenação e do próprio desequilíbrio, colabora para alterar a percepção de gravidade, o que pode gerar aprendizados muito bons para crianças e adolescentes, dentro e fora do espaço escolar”, concluiu Yure Lee Almeida.

Para Iara Santos, que também é bolsista do projeto, a oficina foi uma oportunidade de interação.

“É gratificante estar de volta à UFPA com atividades presenciais, podendo compartilhar experiências com alunos novos do curso de Educação Física e também com pessoas que não são do Campus, mas que tiveram interesse na oficina. Estou confiante que daremos continuidade ao projeto, trazendo ainda mais conhecimentos para a comunidade acadêmica e para a população em geral”.

A maior parte do público presente nas atividades circenses realizadas pelo projeto “Laboratório de Linguagens e Expressão Corporal” era formada por calouros de Educação Física da UFPA/Castanhal, como Antonia Nascimento, que falou sobre a importância dos conteúdos abordados na oficina.

“A gente trabalhou muito a questão do movimento e eu descobri que eu não tinha uma boa coordenação motora. Foi uma experiência incrível que eu vou levar para a vida e quero levar, também, para as pessoas da minha turma que não tiveram a oportunidade de participar.”

Como a programação de encerramento das atividades foi aberta ao público, esteve presente a dona Ana Lúcia Silva de Lima, mãe da caloura de Educação Física Luana Lima da Silva. Dona Ana expôs o seu contentamento em poder participar da vida acadêmica de sua filha.

“Eu acompanho os passos dos meus filhos em tudo o que eles escolhem para a vida, então, é importante estar aqui. A Luana ingressou esse ano na Federal e foi uma alegria, pois a gente sabe que não é fácil ingressar numa universidade pública. Ela está muito focada no curso que escolheu e participar desse projeto só vem agregar na formação dela.”

A oficina de atividades circenses foi ministrada em 8 encontros presenciais, às terças e quintas, no Ginásio do Campus da UFPA em Castanhal e o projeto “Laboratório de Linguagens e Expressão Corporal” pretende trazer outras programações ao longo do próximo ano. Para ficar informado, entre em contato pelo número (91) 985798458.

Confira mais fotos das atividades aqui.

Texto e fotos: Paula Lopes – Ascom UFPA/Castanhal

 

Inscrições abertas para o Mestrado em Estudos Antrópicos na Amazônia (turma 2022)

O Programa de Pós-Graduação em Estudos Antrópicos na Amazônia (PPGEAA), vinculado ao Campus da UFPA/Castanhal está com inscrições abertas para a turma de mestrado 2022. Os candidatos interessados devem se inscrever através do formulário disponível no site do PPGEAA, até o dia 20 de dezembro de 2021.

As inscrições deverão ser realizadas exclusivamente pela internet e será cobrado o valor de R$ 100,00. Para solicitar isenção da inscrição, o candidato deverá enviar o requerimento para o e-mail ppgeaa.selecao2021@gmail.com, até o dia 6 de dezembro.

Para esta seleção serão ofertadas 23 vagas, distribuídas em duas linhas de pesquisa, sendo 10 (dez) vagas para a linha de pesquisa Etno-SocioBiodiversidade e Sustentabilidade Ambiental e 13 (treze) para a linha Etno-Saberes e Tecnologias Sociais. Em atendimento aos preceitos inclusivos da UFPA, serão destinadas 05 (cinco) vagas para indígenas e quilombolas, conforme descrito no edital de seleção.

Público-alvo – O Mestrado em Estudos Antrópicos na Amazônia é voltado a todos os portadores de diploma de nível superior (reconhecido pelo MEC), independente da área de formação. No caso de cursos de graduação realizados fora do país, o diploma deverá estar reconhecido por instituição governamental no país de realização do curso, bem como ter validade no território nacional brasileiro.

Etapas – A seleção de Mestrado para a turma 2022 do PPGEAA será realizada em 3 etapas: avaliação de Projeto de Pesquisa (eliminatória e classificatória), defesa do Projeto de Pesquisa (eliminatória e classificatória) e prova de títulos (classificatória).

ESTUDOS ANTRÓPICOS NA AMAZÔNIA – Os estudos antrópicos têm por objetivo investigar e estudar realidades e modelos culturais e científicos em contato, propondo projetos e/ou ações relativos à compreensão da antropização em seus desdobramentos na sociobiodiversidade e na interação de saberes. Cada vez crescente, enquanto resposta mais adequada aos problemas complexos da humanidade, o caráter de diálogo de saberes, sejam acadêmicos e/ou não-acadêmicos, é a base interdisciplinar do PPGEAA, sendo também sua área de avaliação na CAPES.

Para mais informações sobre a seleção de mestrado 2022 do PPGEAA, clique aqui.

Serviço:
Seleção de Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Estudos Antrópicos na Amazônia (PPGEAA)
Inscrições: até 20/12/2021
Taxa de inscrição: R$100 (com possibilidade de solicitação de isenção).
Edital: clique aqui.
Dúvidas sobre o edital: escreva para ppgeaa.selecao2021@gmail.com

Texto: Paula Lopes e Ana Lima – Ascom UFPA/Castanhal
Imagem: Divulgação

 

Reitoria da UFPA visita o Campus de Castanhal e destaca necessidade de retorno total às atividades presenciais

Nesta terça, 30 de novembro, o reitor da Universidade Federal do Pará, professor Emmanuel Tourinho e o vice-reitor, professor Gilmar Silva, realizaram uma visita ao Campus de Castanhal e reuniram-se com dirigentes e outros membros da comunidade acadêmica. Os trabalhos foram conduzidos pelo coordenador do Campus da UFPA em Castanhal, professor Bruno Lyra, acompanhado pelo vice-coordenador, professor Francisco dos Anjos e pelo diretor do Instituto de Medicina Veterinária (IMV), professor Leônidas Olegário. O coordenador explicou os objetivos do encontro.

“O Reitor pôde avaliar os espaços e observar algumas situações que são emergenciais. Mesmo diante das dificuldades que se têm em relação à questão financeira, serão verificadas as condições para ajudar o Campus. Vale destacar a visita à Central de Biotecnologia e Reprodução Animal (CEBRAN), onde foi avaliada a proposição para transformar o local em uma Fazenda-Escola. Essa é uma exigência do Ministério da Educação, como parte do ambiente para atividades práticas do curso de Medicina Veterinária e o professor Emmanuel irá reunir esforços, voltados a esta ação, após apreciar a documentação do projeto que está sendo elaborada por uma comissão criada no IMV”.

A visita do reitor foi, também, uma oportunidade para a comunidade atestar que o Campus está passando por um momento de transição do trabalho remoto para o presencial.

“Em relação às atividades presenciais, já existem atos institucionalizados pela administração superior da UFPA, os quais preveem o retorno presencial, em função da cobertura vacinal. Nesse sentido, já temos setores administrativos do Campus funcionando e algumas atividades de ensino que estão sendo realizadas também. A partir janeiro de 2022, a administração superior reforça a importância do retorno das atividades de ensino presenciais”, esclareceu o professor Bruno Lyra, ao concordar com o reitor, que defendeu o retorno como uma necessidade clara da sociedade.

“Sabemos que a maioria dos nossos alunos depende do diploma para garantir um futuro melhor para as suas famílias e, por isso, é urgente que retomemos as atividades agora em janeiro. Embora estejamos enfrentando um problema muito acentuado de corte orçamentário, que nos impede de executar todos os serviços e obras que gostaríamos, nós estamos fazendo o melhor possível para atender aquilo que é indispensável para o adequado funcionamento da Universidade”, ressaltou o professor Emmanuel Tourinho.

Para atender à comunidade acadêmica e garantir um retorno mais seguro às atividades, o Campus de Castanhal passou por algumas adequações, como aquisição de totens de álcool em gel, instalação de algumas pias e reforço nos serviços de limpeza. Houve, ainda, o asfaltamento da entrada do Campus do Jaderlândia, além de obras de manutenção em alguns espaços. Em relação ao Instituto de Medicina Veterinária (IMV), alguns reparos e ajustes em espaços físicos foram realizados e foi adquirido um novo ônibus para o transporte de alunos e servidores do portão do IFPA até o IMV.

O diretor do Instituto, professor Leônidas Olegário, falou sobre uma novidade que deverá ser inaugurada em breve e sobre outras aquisições.

“O reitor também esteve presente no espaço construído para ser o solário do IMV. Sabendo que os animais silvestres precisam de uma ambiência mais adequada, o solário vai atender a essa demanda. Faltam apenas alguns ajustes na parte elétrica para que realizemos a inauguração. Além disso, houve a aquisição de equipamento de raio-X de última geração para o Hospital Veterinário, a instalação de gerador para suportar a necessidade de queda de energia por alguns laboratórios e esforços estão sendo realizados para adequação dos espaços de aulas teóricas e práticas para o retorno pleno das aulas presenciais”, comemorou o diretor.

As melhorias e aquisições realizadas durante o período de pandemia são importantes para o bom funcionamento das atividades de ensino, pesquisa e extensão do Campus, mas ainda existem questões que não serão resolvidas em uma data próxima, como falta de servidores e reformas de alguns espaços. De acordo com o reitor, a Universidade vem passando por restrições e bloqueios orçamentários há vários anos, o que impede o atendimento de todas as demandas existentes.

“Só para se ter uma ideia, em 2014, o orçamento de capital da UFPA era de mais de 60 milhões de reais. O valor aprovado para 2021 foi de apenas 4,5 milhões de reais. Nós sabemos que o valor global do orçamento não diminuiu, mas, infelizmente, estamos em um país em que os investimentos em educação não são prioridade. Estamos diante de uma realidade política e social de enfraquecimento de políticas públicas voltadas à educação e à ciência, mas não podemos dar como resposta à sociedade o fechamento das portas da Universidade. Nós precisamos continuar trabalhando na perspectiva de construir novos horizontes para esse país”, concluiu o dirigente máximo da UFPA.

Para conferir mais fotos da visita, acesse o facebook do Campus de Castanhal.

Texto: Paula Lopes – Ascom UFPA/Castanhal
Fotos: Campus Castanhal UFPA

Professor da Faculdade de Pedagogia é um dos contemplados com prêmio Educador Nota 10.639

Neste mês de novembro, no dia 17, a Câmara Municipal de Castanhal realizou uma sessão especial com comemorações pelo Dia da Consciência Negra. No mesmo dia também ocorreu a cerimônia de premiação dos educadores nota 10.639, na qual foi homenageado o professor Assunção Amaral, coordenador do Programa de Extensão e Pesquisa Universidade no Quilombo, vinculado à Faculdade de Pedagogia da UFPA/Castanhal.

O prêmio foi lançado pelas atividades do projeto Aquilombar-se (contemplado no edital de culturas da Lei Aldir Blanc Pará 2000), que visa a promoção da igualdade racial no seguimento da educação. O número 10.639, presente no título da premiação, refere-se à Lei 10.639/03, que versa sobre a obrigatoriedade do ensino da história e da cultura afro-brasileira e africana dentro das disciplinas que já fazem parte dos currículos dos ensinos fundamental e médio. A Lei também estabelece o dia 20 de novembro como o Dia da Consciência Negra no calendário escolar.

O professor Assunção Amaral recebe a homenagem pelos trabalhos desenvolvidos na região em favor das questões étnico-raciais e quilombolas justamente no ano em que o Programa Universidade no Quilombo, sob sua coordenação, completa 10 anos de existência.

“Receber esse prêmio significa o reconhecimento da UFPA como instituição que tem feito aplicação da Lei 10.639. É a contribuição em favor da igualdade, contra o racismo e contra toda forma de discriminação”, comemorou o docente.

Programa Universidade no Quilombo – Objetiva estabelecer parceria sólida com a sociedade, voltada à atuação e interação comunidade-universidade, possibilitando a utilização de quilombos como laboratórios de extensão, pesquisa e ensino; utilização dos recursos naturais, possibilitando visibilidade e a melhoria da qualidade de vida dos moradores dos quilombos. Para mais informações, visite o site ou curta a página no Facebook.

Texto: Paula Lopes – Ascom UFPA/Castanhal
Foto: José Rodrigo P. Santos

Programa de Pós-Graduação em Reprodução Animal na Amazônia abre inscrições para mestrado e doutorado 2022

O Programa de Pós-Graduação em Reprodução Animal na Amazônia (ReproAmazon), criado a partir de uma associação entre a UFPA e a UFRA, está com inscrições abertas para as turmas 2022 de mestrado e doutorado acadêmicos. Os candidatos interessados podem se inscrever até 31 de dezembro de 2021, apenas por meio eletrônico, nos seguintes links:

– Link para formulário de inscrição para interessados em orientadores que pertençam a UFRA: https://sigaa.ufra.edu.br/sigaa/public/processo_seletivo/lista.jsf?aba=p-processo&nivel=S

– Link para formulário de inscrição para interessados em orientadores que pertençam a UFPA: https://sigaa.ufpa.br/sigaa/public/processo_seletivo/lista.jsf

– A documentação de TODOS(AS) CANDIDATOS(AS), independentemente da instituição de vínculo do orientador, e nível de formação, deverá ser enviada de forma unicamente eletrônica, mediante o preenchimento do “Formulário único de Inscrição -Seleção 2022 – ReproAmazon”, disponível aqui.

Vagas e público-alvo – No total, são 22 vagas para a turma de mestrado e 10 vagas para o doutorado, na Área de Concentração Reprodução de Animais Domésticos e Silvestres. Poderão participar da seleção para o mestrado, os graduados nas áreas de Ciências Agrárias, Ciências Biológicas, Ciências da Saúde e áreas afins. Para a seleção do doutorado, o candidato deve possuir mestrado em qualquer uma dessas áreas ou em áreas afins.

Taxa de inscrição e isenção – A taxa de inscrição para cada processo seletivo é de R$100,00, mas pode solicitar isenção, até o dia 24 de dezembro de 2021, o candidato que, cumulativamente: comprove inscrição no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e for membro de família de baixa renda, nos termos do Decreto nº 6.135, de 26 de junho de 2007.

O candidato que desejar solicitar a isenção da taxa de inscrição podem clicar aqui. Já os candidatos que não se enquadram nos critérios para obter a isenção ou que não tiveram a solicitação deferida devem acessar o Tutorial de emissão e pagamento GRU e seguir os passos recomendados no documento.

Seleção – As duas seleções do ReproAmazon contemplam teste oral (Eliminatório e Classificatório) e análise do Curriculum Vitae documentado (Classificatória). À seleção de doutorado acrescenta-se, ainda, a terceira etapa, que trata da análise e defesa do projeto de pesquisa (Classificatória).

Para mais informações sobre as seleções de mestrado e doutorado do ReproAmazon, consulte o edital:

– Edital da Seleção Unificada de Mestrado e Doutorado 2022

Para mais informações sobre o ReproAmazon, leia:

UFPA e UFRA criam programa de pós-graduação inédito na Região Norte

Texto: Paula Lopes e Ana Lima – Ascom UFPA/Castanhal
Imagem: Divulgação

 

Coordenação do ProfMat em Castanhal divulga local de prova do ENA

A Coordenação do Mestrado Profissional em Matemática (ProfMat) em Castanhal informa que o Exame Nacional de Acesso (ENA), que ocorrerá no dia 04 de dezembro de 2021 (horário oficial de Brasília), das 14 às 17h, será aplicado no Campus I da UFPA/Castanhal. Os candidatos devem entrar nas salas até 13h50 (horário limite descrito no Edital).

O endereço do Campus I da UFPA em Castanhal é: Av. dos Universitários, s/n, Jaderlândia. As provas serão realizadas no prédio de salas de aula.

Para ver imagens do Campus I da UFPA em Castanhal, clique aqui.

Observação: De acordo com as exigências das autoridades sanitárias municipais, estaduais ou federais, solicitaremos a apresentação do certificado de vacinação contra a Covid-19 para acesso e permanência no local de prova do Exame Nacional de Acesso ao Profmat 2022 – ENA 2022, como medida sanitária de combate à pandemia. Serão aceitos, tanto o comprovante emitido pela Secretaria Municipal de Saúde quanto aquele disponível na plataforma ConecteSUS.

Leia mais:

ProfMat Castanhal: divulgada a relação dos candidatos inscritos no ENA 2022

Coordenadoria de Planejamento, Gestão e Avaliação seleciona bolsista

Alunos matriculados em qualquer curso de graduação do Campus de Castanhal, cursando a partir do segundo semestre, podem participar da seleção que oferta 01 vaga para bolsista da Coordenadoria de Planejamento, Gestão e Avaliação (CPGA) e mais duas vagas para cadastro de reserva.

O valor da bolsa é 787,98 (setecentos e oitenta e sete reais e noventa e oito centavos) mais auxílio transporte no valor de 220,00 (duzentos e vinte reais). O candidato selecionado precisa ter disponibilidade de 20h semanais, no horário da manhã, para se dedicar às atividades referentes à bolsa trabalho, que terá duração de seis meses, podendo ser renovada por igual período.

Requisitos – Conhecimentos em informática básica, não ser bolsista em projetos de pesquisa ou extensão e não ter vínculo empregatício de qualquer natureza.

Inscrições e seleção – Os interessados em concorrer ao processo seletivo deverão preencher o formulário de inscrição (clique aqui para acessar), e enviar, até o dia 06 de dezembro de 2021, para o e-mail cpgaufpa00@gmail.com, juntamente com o Curriculum Vitae (e as devidas comprovações), histórico escolar e atestado de vínculo. A seleção compreenderá análise do currículo e entrevista (com datas a serem definida e divulgadas).

Para mais informações, confira o Edital.

Texto: Paula Lopes – Ascom UFPA/Castanhal

 

Professora da Faculdade de Educação Física da UFPA/Castanhal é homenageada na Câmera Municipal de Belém

No mês em que se comemora, no Brasil, o Dia da Consciência Negra, a Câmara Municipal de Belém recebeu, no dia 11, uma sessão especial, intitulada “Vozes Negras Mudam o Mundo”, proposta pela vereadora Lívia Duarte. O evento contou com a presença de organizações, coletivos e ativistas do movimento negro para celebrar e dialogar sobre as necessidades de mais políticas públicas e igualdade racial.

Na ocasião, a parlamentar homenageou várias personalidades do movimento negro, dentre elas, a professora Dra. Dalva dos Santos, da Faculdade de Educação Física da UFPA/Castanhal, que também atua no Centro de Estudos e Defesa do Negro no Pará, uma entidade não-governamental, que existe há 42 anos e que teve como uma de suas fundadoras a professora emérita da UFPA, Dra. Zélia Amador, docente reconhecida internacionalmente.

A professora Dalva Santos destacou a importância da pauta debatida na sessão pública. “Existe uma necessidade e uma urgência de falarmos sobre a luta antirracista, pois o preconceito tem excluído a população negra de muitos direitos, como o acesso ao trabalho e à educação”, pontuou a docente, que também falou sobre a homenagem recebida.

“Estar entre as pessoas que foram homenageadas, me leva a compreender a importância de estar nessa luta e de continuar nela, compreendendo o meu papel enquanto cidadã, enquanto mulher negra que já passou por muitas situações de discriminação e que hoje está na condição de professora de uma Universidade pública, que prima pela formação das pessoas. Então, me sinto estimulada a potencializar o meu trabalho na direção do combate ao racismo”, concluiu.

O objetivo das homenagens realizadas era fazer um registro de pessoas que têm, historicamente, dedicado suas vidas a lutar contra as diversas formas de preconceito contra a população negra e, de acordo com a vereadora Lívia Duarte, a professora Dalva dos Santos faz parte dessa galeria de ativistas.

“Ela é uma grande referência, não digo só dentro da Universidade, falo no geral. Ela me representa e representa a luta do movimento negro. Dalva é daquelas pessoas que olhamos com admiração e carinho por tudo que já construiu e que continua se propondo a construir”, ponderou a vereadora, que mencionou, ainda, o papel do movimento negro na construção de uma sociedade mais igualitária. “O movimento negro surge nesse propósito, pela luta de muitos e muitas que acreditam na urgência da transformação de uma sociedade que se firmou a partir de pilares de exclusão e racismo”, concluiu a parlamentar.

Texto: Paula Lopes – Assessoria de Comunicação UFPA/Castanhal, com informações da Câmara Municipal de Belém
Foto: Joyce Ferreira

Inscrições abertas para o III Seminário Sobre Currículo da Faculdade de Pedagogia

No dia 25 de novembro será realizado, de forma on-line, o III Seminário Sobre Currículo (SEMINSC), promovido pelo Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Currículo da Educação Básica (GECEB), vinculado à Faculdade de Pedagogia da UFPA/Castanhal.

Temática – Com o tema O CURRÍCULO NA “PÓS-PANDEMIA”: A(DIVERSIDADES), DESAFIOS E ALTERNATIVAS PARA UM ENSINO-APRENDIZAGEM INCLUSIVO, EQUÂNIME E QUALITATIVO, o evento pretende promover reflexões sobre o currículo da Educação Básica, pautando, de forma crítica, as preocupações, os medos, as inseguranças e os anseios de professores, alunos, gestores e comunidade, em geral, em relação ao desenvolvimento do currículo escolar, em um contexto denominado de “novo normal”.

Programação – O III SEMINSC terá início às 8h30 e encerramento às 16h do dia 25 de novembro e contará com mesa de abertura, conferência com o professor Dr. Pedro Gonzalez (Universidade de Açores / Portugal), debate e mais seis minicursos.

Público-alvo e inscrições – Poderão se inscrever no seminário, professores da educação superior e da educação básica, pesquisadores, estudantes de graduação e da pós-graduação. Para realizar a inscrição gratuita até o dia 25/11, clique aqui.

Serviço:
III Seminário Sobre Currículo (SEMINSC)
Data: 25/11/2021
Horário: 8h30 às 16h
Inscrições: clique aqui
Transmissão ao vivo pelo perfil do GECEB/UFPA no Facebook.

Texto: Paula Lopes – Ascom UFPA/Castanhal
Imagem: Divulgação

ProfMat Castanhal: divulgada a relação dos candidatos inscritos no ENA 2022

A Coordenação do Mestrado Profissional em Matemática (ProfMat) em Castanhal divulga a relação de candidatos inscritos para realizarem o Exame Nacional de Acesso (ENA) 2022, que acontecerá no dia 04 de dezembro. O candidato inscrito que não encontrar seu nome na lista, deverá seguir os procedimentos descritos abaixo:

1) Acesse ena.profmat-sbm.org.br e faça login com o CPF e a senha cadastrados;
2) Preencha quaisquer dados que sejam solicitados (rotina de segurança);
3) Confirme/preencha os dados das abas INSCRIÇÃO e PAGAMENTO;
4) Acesse PROTOCOLO e, caso solicitado, faça o envio (por essa página) da imagem do comprovante de pagamento;
5) Esse procedimento precisa ser feito ATÉ O DIA 23/11/2021.

LISTA DE CANDIDATOS INSCRITOS NO ENA:

LUIZ GUILHERME SANTOS
SÉRGIO AUGUSTO DA SILVA BAÍA
CLAUDIO ROBERTO ARAUJO GUILHERME
MARCELO DUARTE SEMENTE
PAULO DANILO DOS SANTOS SALDANHA
FERNANDO DE ALMEIDA BARROS
ALDECY VITOR DE OLIVEIRA JUNIOR
ANTONIO RUAN BARBOSA DO NASCIMENTO
AUGUSTO CESAR MACEDO GUEDES
CLEBER DA SILVA E SILVA
JOSÉ SÉRGIO DAS CHAGAS MONTEIRO
RAYANE SILVA DUARTE
JOICILENE BRITO MARQUES
OGUE RAONI PORTAL BRITO
ROBERTO GONÇALVES DA COSTA
ENILDO GOMES BECKMAN
PERLA DO CARMO SANTOS BARROS
WALLACE DARLAN NEVES MONTEIRO
ALYSSON DE LIMA TELES
ELIEZER PETRÔNIO DE OLIVEIRA CUNHA
JOÃO DÊMISON ROCHA FERREIRA
MARIA DA PÁSCOA GOMES DA SILVA
RAIMUNDO NONATO DOS SANTOS BECKMAN
DAVISON MACHADO MEDEIROS
JOSÉ CARLOS DA COSTA OLIVEIRA
JOSOALDO PEREIRA SENA
EDSON PACHECO DE SOUSA
ANA LÚCIA AMÉRICO MORAES
CLEISIESTE PEREIRA DOS REIS
CARLOS VICTOR BRAZ DE ALBUQUERQUE
FRANCISCO JOSÉ DE OLIVEIRA ARAÚJO
BRUNO DAVID BORGES FERREIRA
MAX WELLINGTON GOMES MURTINHO
CLAUBER DE SOUSA MELO
KLEDISON VENICIO DE ARAUJO FEITOSA
JOSE SOUSA LIMA NETO
NATALIA DE PAULA OLIVEIRA DE ANDRADE
JOSÉ JAILTO SANTANA DA COSTA
ROGERIO DE MATOS SILVA
JAILSON RESPLANDES DE MENEZES
VITOR FRAZAO
CHARLES PINHO LOPES
FLAVIO FERREIRA DA COSTA
ELLYS GARCIA CARDOSO
JOÁS MELO MIRANDA
ANTONIO EVERTON BEZERRA DA SILVA
FELICIANO OLAVO GONÇALVES MARÇAL
JOÃO SOUSA AMIM
ALINE DO VALE RODRIGUES
ALCIONE DE LIMA NEVES
JADSON KAUA BATISTA COSTA
CÍCERO DA SILVA BASTOS
RAIMUNDO NONATO VITALINO DO BOMFIM
WALTER VIEIRA DA SILVA JÚNIOR
FRANCISCO SALES PEREIRA LIMA
ADRIANE TRINDADE LOPES
CARLOS MORAES

Leia também:

Prorrogadas as inscrições para o Exame Nacional de Acesso ao ProfMat