Home » Articles posted by Paula Lopes

Author Archives: Paula Lopes

UFPA disponibiliza processo de Mobilidade Acadêmica para Indígenas e Quilombolas

O processo de Mobilidade Acadêmica Afirmativa (Mobaf) consiste em um sistema de mobilidade interna que possibilita aos alunos indígenas e quilombolas, aprovados em processos seletivos especiais da UFPA em anos anteriores, a troca de curso na Universidade. O processo é semelhante à Mobilidade Acadêmica Interna (MOBIN), que oferta vagas que estão ociosas na Instituição.

As inscrições para a seleção do Mobaf ocorrem de 23 de abril até 6 de maio. São 242 vagas em 75 cursos ofertados. Para parte das vagas, o ingresso é já no dia 21 de agosto deste ano, mas a maioria dos aprovados no certame deve começar a estudar apenas em março de 2020, com as novas turmas de calouros.

As condições para a realização do MOBAF diferem um pouco daquelas aplicadas ao MOBIN (realizado por alunos provenientes do PS). Para que um aluno participe do MOBIN, é necessário que ele tenha concluído o mínimo de 25% do curso ou um ano completo, e o máximo de 75%. Já no MOBAF, é exigido apenas que o aluno esteja matriculado na Instituição e não tenha completado mais de 75% do curso.

A seleção se dará através de uma prova de redação, que será aplicada no dia 02 de junho de 2019, com início às 14h e término às 18h, nas seguintes localidades do estado do Pará: Abaetetuba, Altamira, Belém, Cametá, Castanhal e Soure.

Não haverá a necessidade de aferir a identidade cultural do candidato, uma vez que esta aferição já foi realizada ao ingressar na UFPA através do PSE. Atualmente, são disponibilizadas duas vagas por curso para o PSE.

Todas as inscrições são gratuitas e feitas on-line no site de Centro de Processos Seletivos da UFPA (Ceps). De acordo com o pró-reitor de Ensino de Graduação (Proeg), Edmar Costa, esses processos seletivos “são ações para incentivar a entrada, a participação e a permanência de estudantes indígenas, quilombolas e integrantes de populações tradicionais na Universidade, o que torna mais plural a própria UFPA.”

Serviço:

Mobaf 2019
Mobilidade Acadêmica para Ações Afirmativas da UFPA
152 vagas em 75 cursos
Inscrições de 23/04 a 06/05
Informações e inscrições no site do CEPS.

Texto: Assessoria de Comunicação da UFPA – Campus de Belém
Foto: Reprodução UFPA

Campus da UFPA/Castanhal oferta curso de Especialização em Treinamento Esportivo

Estão abertas as inscrições para o curso de Especialização em Treinamento Esportivo, que tem por objetivo formar profissionais capacitados para atuar no campo do treinamento, da prescrição e da aplicação do exercício, visando à melhora na qualidade do desempenho dos atletas que realizam atividades competitivas.

Vagas – Das 50 vagas disponíveis, 35 são para pagantes e 15 para demanda social, as quais serão destinadas para atendimento gratuito de servidores docentes e técnico-administrativos da UFPA e/ou alunos egressos da UFPA ou de outras instituições que não estejam devidamente colocados no mercado de trabalho, aprovadas em processo seletivo definido pelo Colegiado do Curso.

Público-alvo – a especialização é voltada a profissionais graduados em Educação Física e Fisioterapia, mas pessoas formadas em cursos de outras áreas da saúde, como Nutrição, Psicologia, Medicina, Bioquímica, Terapia Ocupacional e afins também podem participar da seleção.

Inscrições – Serão realizadas nos dias 17, 18, 22, 23, 25 e 26 de abril de 2019, exclusivamente de modo presencial, na Secretaria do PARFOR – andar térreo do prédio administrativo do Campus Universitário de Castanhal (Av. dos Universitários, s/n – Jaderlândia, Castanhal – PA, 68746-6303). O candidato deverá entregar, em envelope fechado e identificado, os documentos exigidos no Edital.

Seleção – O processo seletivo compreenderá análise do Currículo Lattes e entrevista em grupo, que deve ocorrer no dia 02 de maio, de acordo com o edital.

As aulas serão realizadas aos sábados, no Campus da UFPA em Castanhal, com previsão de início para o dia 11/05/2019.

Serviço:
Especialização em Treinamento Esportivo
Inscrições: 17, 18, 22, 23, 25 e 26 de abril de 2019
Vagas: 50
Local das aulas: UFPA/Castanhal
Mais informações: consulte o Edital

Texto: Paula Lopes – Ascom UFPA/Castanhal
Imagem: Divulgação

 

 

Professores organizam segunda edição de livro com experiências do Mestrado Profissional em Letras

Em março deste ano foi lançado o segundo volume do livro “Pesquisa, ensino e formação docente – experiências do ProfLetras UFPA”, com organização de vários docentes do Mestrado Profissional em Letras, dentre eles o professor Alcides Fernandes de Lima, que falou sobre o objetivo principal da obra.

“A ideia era transformar as dissertações dos alunos do mestrado profissional em artigos e organizar um livro para ser publicado, de modo que esse trabalho pudesse ser acessível a professores de Língua Portuguesa da educação básica, que não estão na universidade”.

Outro motivo que levou os docentes a organizarem o trabalho foi a percepção de que há uma grande falta de material didático para os profissionais que atuam na educação básica. O professor Alcides ressaltou que uma das causas desse problema é a carência de trabalhos semelhantes na região, já que a maioria dos livros que abordam o mesmo conteúdo é lançada nas regiões Sul e Sudeste do país.

O professor também destaca o caráter pedagógico das duas obras publicadas. “Todas as dissertações que foram transformadas em artigos para entrarem nas publicações, têm relação com a realidade de sala de aula e apresentam propostas de intervenção didática, justamente para que o professor possa adaptar para as suas aulas do dia-a-dia.”

Os volumes ainda apresentam assuntos e metodologias que podem não só serem aplicadas em sala de aula sem muito esforço, como também fornecem ideias de como abordar os diversos temas que precisam estar presentes nas aulas de língua portuguesa.

O primeiro livro traz 10 artigos que abarcam práticas de leitura, escrita, propostas de abordagem de textos literários nas séries do ensino fundamental e metodologias para a produção de textos literários; o segundo volume traz quinze artigos que seguem o mesmo viés do primeiro e ainda traz opções para aplicação de conteúdos gramaticas e de outros assuntos das aulas de língua portuguesa.

O professor ainda frisou que o grupo responsável pela organização dos volumes já está pensando no lançamento de um terceiro volume, que seguirá pelo mesmo caminho dos primeiros.

Para quem deseja ter contato com o material, dois exemplares de cada volume estão disponíveis na biblioteca da UFPA, no Campus de Castanhal. E os livros também estão disponíveis para a compra na secretaria do ProfLetras, em Belém e no site da editora Pontes no endereço:  http://ponteseditores.com.br.

Além do professor Alcides Fernandes de Lima, a docente Márcia Ohuschi, da Faculdade de Letras do Campus de Castanhal e do ProfLetras, contribuiu com publicações nas duas edições de “Pesquisa, ensino e formação docente – experiências do ProfLetras UFPA”.

Texto: Rosanne de Sousa – Ascom UFPA/Castanhal
Imagem: Divulgação

Evento em parceria com a UFPA vai promover orientações sobre saúde bucal para crianças com fissura labiopalatal

A associação “Sorrisos Largos”, em parceria com UFPA, vai realizar, neste sábado, 13 de abril, em Belém, um evento que traz ações preventivas para a higiene bucal de crianças com fissura labiopalatal. Na programação, haverá orientações sobre escovação e cuidados odontológicos; distribuição de Kits com escova, creme e fio dental; além de acompanhamento e encaminhamento para o tratamento odontológico através dos parceiros da associação “Sorrisos Largos” e amigos da causa dos fissurados. Na ocasião, também serão distribuídos kits pós-cirúrgicos e fraldas descartáveis.

A UFPA apoia o evento por meio do projeto de extensão “Saúde Bucal em Pacientes Portadores de Necessidades Especiais: um olhar para os Portadores de fissuras labiopalatais”, vinculado à Faculdade de Odontologia do Campus do Guamá. Esse projeto visa realizar um levantamento epidemiológico da condição de saúde oral dos portadores de fissuras labiopalatais e, também, objetiva a confecção de material informativo sobre os cuidados com a saúde bucal, além da realização de palestras para os cuidadores abordando o cuidado com a higiene oral.

Sorrisos Largos – Formada por fissurados e familiares, a Associação de Apoio ao Fissurado Labiopalatal Sorrisos Largos, fundada em 27 de setembro de 2017, é uma entidade sem fins econômicos, de caráter organizacional, filantrópico, assistencial, promocional, recreativo e educacional, voltada aos interesses das pessoas com a fenda labial e/ou palatina (fissura labiopalatal) e apoio e orientação aos pais, familiares e amigos.

Para conhecer um pouco mais sobre a Associação “Sorrisos Largos”, acesse o site www.sorrisoslargos.quererbem.org e curta a fan page www.facebook.com/somostodosfissurados. É possível adotar um sorriso, contribuindo com qualquer valor para ajudar a Associação em suas ações ou tornando-se um pediatra ou dentista voluntário.

Em relação ao evento de sábado, 13 de abril, as vagas são limitadas e os interessados em participar devem realizar inscrição, enviando mensagem para os números:

– Belém: (91) 98423.1417 (Ludimila), (91) 98260.2341 (Andrezza)
– Castanhal: 99288.7455 (Rosa)

Colabore com a programação doando fraldas descartáveis. Entre em contato com uma das organizadoras do evento. Ou envie mensagem diretamente na página https://www.facebook.com/grupodefamiliadefissurados/.

Texto: Didi Vieira e Paula Lopes – Ascom UFPA/Castanhal
Imagem: Divulgação

 

 

 

 

Processo Seletivo para Auxílio Moradia destinado a discentes indígenas, quilombolas e de populações tradicionais inscreve até dia 17

A Universidade Federal do Pará (UFPA), por meio da Superintendência de Assistência Estudantil (SAEST), torna público o edital 03/2019 que regulamenta o processo seletivo de concessão de Auxílio Moradia a discentes indígenas, quilombolas e de populações tradicionais.

Estão sendo ofertados 250 (duzentos e cinquenta) auxílios no valor de R$ 400,00 (quatrocentos reais), distribuídos em 100 (cem) para discentes indígenas, 100 (cem) para discentes quilombolas e 50 (cinquenta) para discentes pertencentes a populações tradicionais.

Quem participa – Os auxílios são destinados a discentes indígenas, quilombolas e pertencentes a populações tradicionais de curso de graduação presencial, nas modalidades extensiva (regular) e intensiva (intervalar) em situação de vulnerabilidade socioeconômica, cursando, prioritariamente, a primeira graduação e que se encontrem sem condições financeiras de arcar com custo de moradia fora de seu local de origem.

Inscrições – As inscrições ocorrerão no período de 08h do dia 18 de março de 2019 até as 17h do dia 17 de abril de 2019. As inscrições acontecem em duas etapas concomitantes: “Inscrição no Sistema” e “Envio da Documentação”.

Como se inscrever- Para participar, o (a) estudante deverá acessar o Sistema Gerencial de Assistência Estudantil (SIGAEST), disponível no site: saest.ufpa.br e inscrever-se no “Auxílio Moradia – Indígenas, Quilombolas e Populações Tradicionais 2019”. Em seguida, deve realizar o preenchimento completo dos Questionários Socioeconômico e Pedagógico referentes ao auxílio solicitado. Para os (as) discentes calouros (as) que ainda não possuem matrícula no Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (SIGAA), haverá a opção de inscrever-se utilizando um número de matrícula provisório exclusivo para uso no SIGAEST e o CPF.

Como enviar os documentos- Os (As) discentes devem enviar os documentos exigidos pelo edital de forma online,exclusivamente, por meio do SIGAEST, em arquivo de imagem (no formato JPG e tamanho máximo de 500 Kbytes), no período de 08h do dia 18 de março de 2019 até as 17h do dia 17 de abril de 2019.

Para evitar sobrecarga no SIAGEST, a SAEST orienta que os discentes não deixem para realizar a inscrição nos últimos dias, informando que não se responsabilizará por falha de conexão da internet que impossibilite o cumprimento das etapas do processo seletivo.

Acesse o edital aqui.

Serviço:

Programa Permanência 2019 – Modalidades Moradia específico para discentes indígenas, quilombolas e de populações tradicionais.

Inscrição: 18 março a 17 de abril de 2019

Contato: (91) 3201-7346

Em Castanhal, procure a Divisão de Assistência Estudantil, no Prédio Multidisciplinar (ao lado do GETI).

Egressa do curso de Letras Português da UFPA/Castanhal tem canção vencedora em concurso nacional

Lanna Fonseca acabou de se formar em Letras Português pelo Campus de Castanhal da Universidade Federal do Pará e já tem seu destaque no cenário da música cristã nacional. Ela foi a primeira colocada em um concurso da Renovação Carismática Católica (RCC Brasil), que, em 2019, completa 50 anos de história no país.

Para comemorar o Jubileu de Ouro, o Ministério de Música e Artes da RCC Brasil promoveu um concurso para escolher uma canção que contasse um pouco da história do Movimento Carismático no país e, também, que falasse sobre as mudanças nas vidas das pessoas ao longo desse período.

De acordo com os organizadores do concurso, que aconteceu entre outubro e novembro de 2018, 250 canções foram inscritas. Depois da primeira etapa, 52 músicas foram selecionadas e, num segundo crivo, restaram 24 composições. Após a votação realizada pelo Ministério de Música e Artes da RCC Brasil, a canção “Rejubila Nação de Amor”, composta por Lanna Fonseca, foi a escolhida.

A vencedora do concurso explicou de que forma a graduação cursada na UFPA colaborou para que ela pudesse fazer uma boa composição.

“O curso de Letras contribuiu de forma significativa, pois quando vamos compor, sabemos que existe a métrica, a questão da pronúncia e a licença poética – quando pensamos nas rimas e nas concordâncias”, destacou Lanna Fonseca, que também falou sobre sua participação no Grupo de Oração Universitário (GOU) durante o período em que esteve na UFPA/Castanhal.

“Quando eu entrei na UFPA, em 2014, o GOU estava adormecido, mas, com a ajuda de duas amigas, nós conseguimos reativá-lo no final de 2015. As reuniões aconteciam às quartas-feiras, ao meio dia. Esses encontros me ajudaram durante a graduação, fortaleceram a minha caminhada acadêmica e a minha vida espiritual, também”.

Lanna Fonseca explicou como funciona o GOU e deixou seu convite para que os universitários da UFPA/Castanhal participem dos encontros.

“Embora seja pertencente à igreja Católica, o Grupo é aberto a todas as pessoas que queiram compartilhar momentos de fé. Nas reuniões, ouvimos testemunhos, fazemos orações e cantamos. Eu aproveito, aqui, para convidar os estudantes a participem do GOU, pois além da necessidade de nós estudarmos, de conhecermos teorias e nos aprofundamos dentro do curso que escolhemos, precisamos nos alimentar espiritualmente. Atualmente, as reuniões são às quintas-feiras, na sala 10 da UFPA, ao meio dia”, finalizou.

Lanna também convidou a todos para conhecerem a sua composição “Rejubila Nação de Amor”, tema do Jubileu de Ouro da Renovação Carismática Católica do Brasil. A música foi gravada por cantores da Canção Nova e está disponível no Youtube, no endereço: https://youtu.be/i8w_eASGZfQ.

Texto: Paula Lopes – Ascom UFPA/Castanhal
Imagens: Divulgação

Projeto de Extensão da Faculdade de Letras seleciona voluntários

Com o objetivo de promover ações para o desenvolvimento de competências de leitura e de produção escrita foi criado o projeto de extensão “Vertentes”, coordenado pelas professoras Simone Negrão e Inéia Abreu da Faculdade de Letras da UFPA/Castanhal.

Vinculado ao Projeto de Pesquisa “Alfabetização, Letramentos e Docência na Amazônia” (IEMCI/UFPA), o projeto “Vertentes” tem como foco as dificuldades apresentadas na escrita acadêmica, sobretudo no que se refere ao Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

Pensando em alavancar as suas ações, o projeto está selecionando voluntários que queiram contribuir com o desenvolvimento do letramento de discentes do Campus, de outros membros da comunidade acadêmica, além de pessoas da comunidade externa.

Para se candidatar a voluntário, é preciso ser aluno do Campus da UFPA/Castanhal e enviar um e-mail com o assunto “Eu quero ser voluntário”, para vertentes2019ufpa@gmail.com. Informe seu interesse e envie seus dados: nome, curso, período letivo. Participe!

Para mais informações, curta a fan page, no endereço: https://www.facebook.com/letramentoacademicoufpa/.

Texto: Paula Lopes – Ascom UFPA/Castanhal
Imagem: Divulgação

Vídeos do PPGSAAM abordam a guarda responsável de animais de companhia

Muita gente tem ou pensa em ter um gato ou um cachorro de estimação. Mas você sabia que alguns desses animais podem ultrapassar os 10 anos de vida? Por isso é importante estar bem informado ao pensar em comprar ou adotar um animal.

Com o objetivo de trazer informações relevantes sobre guarda responsável de animais domésticos, a professora Carla Cristina Guimarães de Moraes, que ministra a disciplina Zoonozes de Animais de Companhia no Programa de Pós-Graduação em Saúde Animal na Amazônia (PPGSSAM) do Instituto de Medicina Veterinária da UFPA em Castanhal, propôs aos seus alunos de mestrado e doutorado a criação de vídeos sobre o assunto. Ela explica que a ideia é atentar, também, para a inclusão.

“Uma aluna sugeriu que fizéssemos  vídeos focando na inclusão. Como eu já tinha um interesse nesse tema, eu procurei o Núcleo de Acessibilidade do Campus e nós estamos produzindo esse material. Serão vídeos curtos sobre guarda responsável de animais de companhia e Toxoplasmose, com o objetivo de que as pessoas possam entender sobre a responsabilidade que é preciso ter para com os animais, bem como conhecer um pouco da doença toxoplasmose e de que maneira ocorre a transmissão, pois a falta de conhecimento pode levar ao abandono de animais que não são responsáveis pela transmissão do agente”, relata a docente.

Dentre os alunos que estão participando do projeto, a doutoranda Débora Almeida, que contribuiu com textos e confecção de slides, fala sobre a necessidade de os materiais produzidos serem inclusivos.

“É importante toda a sociedade saber sobre a guarda responsável, por isso pensamos nesse vídeo inclusivo. Todos os setores precisam ter essa informação. Se uma pessoa não adotar cuidados básicos com seus animais, pode ocorrer o abandono que pode levar ao aumento de animais errantes dentro da sociedade, que podem disseminar doenças”.

João Paulo Freires, que é bolsista do Núcleo de Acessibilidade, também está envolvido nos trabalhos e explica de que forma vem atuando para auxiliar os alunos de mestrado e de doutorado do PPGSAAM.

“A minha contribuição é mais técnica, na parte computacional de edição de áudio e vídeo. Eles optaram pelo power point, mas eu sugeri outros programas para que fosse possível chegar ao produto final: um vídeo com áudio, para atingir às pessoas cegas e com legenda, pensando no público de pessoas surdas”.

Os vídeos estão em fase final de edição. O primeiro deles já está pronto e foi divulgado no Instagran do Laboratório de Zoonoses e Saúde Pública,  no Hospital Veterinário da UFPA e no facebook oficial do Campus de Castanhal.

Texto: Paula Lopes – Ascom UFPA/Castanhal

Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano divulga edital para mestrado

A Universidade Federal do Pará (UFPA), por meio da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PROPESP), torna pública a abertura de inscrições e a realização de seleção de candidatos ao PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DO MOVIMENTO HUMANO (PPGCMH), em nível de MESTRADO, biênio 2019/2021. As inscrições poderão ser realizadas no período de 15/04/2019 a 10/05/2019.

O curso de mestrado em Ciências do Movimento Humano foi recentemente implantado na UFPA, aprovado e recomendado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), em 2018. Em função do número de orientadores disponíveis no PPGCMH, serão ofertadas 21 (vinte e uma) vagas distribuídas em duas linhas de pesquisa: 10 (dez) vagas para a linha de pesquisa “Avaliação e Reabilitação Funcional” e 11 (onze) vagas para a linha de pesquisa “Esporte, Atividade Física e Saúde”.

Algumas atividades do mestrado serão desenvolvidas em Castanhal, já que o curso conta com três professores da Faculdade de Educação Física do Campus da UFPA na cidade Modelo: Josafá Gonçalves Barreto, Daniel Alvarez Pires e Victor Silveira Coswig.

O professor Daniel Pires destaca a relevância do mestrado. “Ele atende a uma demanda que já estava elevada de graduados em Educação Física e Fisioterapia, que procuravam fazer pós-graduação em nível de mestrado no Estado do Pará e não tinham nenhuma oferta de curso.”

Para o professor Daniel Pires, o programa é uma vitória para a UFPA. “Esse é o primeiro programa de mestrado na área 21 da CAPES, que é a área que engloba os cursos de Educação Física, Fonoaudiologia, Fisioterapia e Terapia Ocupacional.” O professor enfatiza que a UFPA se tornará pioneira e vai trabalhar na formação de recursos humanos para pesquisa, nas áreas de Educação Física e Fisioterapia.

Inscrições e documentação – Formulário de inscrição devidamente preenchido e assinado (Anexo I), cópia do comprovante de pagamento da Guia de Recolhimento da União (GRU) como pagamento da Taxa de Inscrição, no valor de cem reais (R$100,00). A GRU deverá ser gerada neste endereço eletrônico. Mais informações, consulte o Edital de Seleção.

Serviço:

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DO MOVIMENTO HUMANO
21 vagas ofertadas
Inscrições: 15/04/2019 a 10/05/2019
Local: O credenciamento do(a) aluno(a) no curso de Mestrado em Ciências do Movimento Humano ocorrerá na Secretaria do Curso
Endereço da Secretaria: Faculdade de Fisioterapia e Terapia Ocupacional, Secretaria do Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano, Campus Universitário do Guamá, Rua Augusto Correa, 01 – Portão 4, Guamá, Belém, Pará, Brasil, CEP 66075-110
Tel: (91) 3201- 8892
E-mail: cmhufpa@gmail
Taxa de Inscrição: cem reais (R$100,00)
Para mais informações, acesse o Edital de Seleção

Texto: Fernanda Vong – Assessoria de Comunicação do ICS/UFPA, com informações da Ascom UFPA/Castanhal

Faculdade de Computação realizará eleições para representação estudantil

Em abril, será realizada a eleição para Representação dos Estudantes de Computação da UFPA/Castanhal. Dois representantes de cada curso da Faculdade de Computação serão eleitos para o mandato de um ano.

A primeira etapa do processo eleitoral é a inscrição de chapas, que deverá ser feita até o dia 17 de março, por meio do link https://goo.gl/forms/2CZRBHCmU2QU2Wgp2.

As chapas inscritas deverão ser formadas, obrigatoriamente, por dois discentes, sendo que, alunos de Engenharia de Computação devem compor suas próprias chapas, assim como alunos de Sistemas de Informação, já que cada curso irá escolher os seus representantes, em urnas separadas. No ato da inscrição, é necessário informar quem será o primeiro e o segundo representante da chapa. Veja como ficará a representação:

O período de campanha oficial será do dia 21/03/2019 até a data da eleição, marcada para dia 05 de abril de 2019.

São eleitores todos os discentes vinculados aos cursos de Engenharia de Computação e Sistemas de Informação.

Para mais informações, consulte o Regimento Eleitoral.

Texto: Paula Lopes – Ascom UFPA/Castanhal