Home » Sem categoria

Category Archives: Sem categoria

Inscrições abertas para formações na área da inclusão para docentes do Campus de Castanhal

O Núcleo de Acessibilidade do Campus de Castanhal, o Grupo de Educação Inclusiva da Região Amazônica (Geira) e a Coordenadoria de Acessibilidade (CoAcess) estão oferecendo, no mês de fevereiro, formações sobre inclusão para os docentes do Campus.

Abaixo, a programação dos cursos e os links para inscrição. Todos os cursos contam com carga horária de 8 horas.

OFICINA DE LIBRAS PARA DOCENTES UNIVERSITÁRIOS

Rebeca dos Reis Glin (GEPLISES e NAcess)

Data: 19/02/2019
Horário: 08:00 às 18:00
Objetivo: Possibilitar a aprendizagem da Língua Brasileira de Sinais (Libras) de modo a garantir a acessibilidade no atendimento e comunicação com as pessoas surdas da comunidade acadêmica no contexto de sala de aula.
Inscrições pelo link (Whatsapp)

ADAPTAÇÕES NO ENSINO SUPERIOR PARA O ALUNO COM DEFICIÊNCIA VISUAL

Prof. Esp. Aguinaldo da Silva Barros (CoAcess)

Paulo João Dourado da Silva Junior (CoAcess)

Data: 20 e 21/02/2019
Horário: 14:00 às 18:00
Inscrições pelo link (Whatsapp)

ADAPTAÇÕES NO ENSINO SUPERIOR PARA O ALUNO COM TRANSTORNO DO ESPECTRO AUTISTA

Profª. MSc. Rosilene Rodrigues Prado (CoAcess)

Data: 20 e 21/02/2019
Horário: 08:00 às 12:00
Inscrições pelo link (Whatsapp)

Texto e imagem: Divulgação

Metodologias criativas para o ensino de Ciências serão debatidas em palestra no Núcleo Universitário de Curuçá

No dia 15/02/2019, sexta-feira, ocorrerá o I Workshop de Tecnologias para o Ensino de Física, no Núcleo Universitário de Curuçá – Profa. Jacira Nunes Ferreira. A programação contará com a palestra intitulada “Ensino Híbrido e Aprendizagem Criativa no Ensino de Ciências”, realizada pelo Curso de Física do Núcleo Universitário de Curuçá/UFPA, com o apoio dos Campi de Ananindeua e Castanhal.

A palestra será proferida pelo Prof. Sandro Viana, que há dois anos vem desenvolvendo atividades de iniciação científica nas escolas de Educação Básica do município de Ananindeua.

O evento  Contará com a participação dos alunos do Curso de Física do Núcleo Universitário de Curuçá e é aberto ao público em geral interessado na temática. “A intenção da palestra é difundir o tema Ensino Híbrido, que vem sendo bastante discutido e aplicado como metodologias ativas nas escolas brasileiras. Metodologia Ativa faz parte da ementa do componente curricular – Tecnologia para o Ensino de Física, uma excelente iniciativa através da palestra para um amplo debate com os participantes”, destacou o Prof. Dr. Marcos Costa, professor da disciplina.

Programação  O credenciamento ocorrerá às 8 horas. A palestra iniciará às 9h e, às 10h, haverá uma mostra de produtos educacionais dos alunos do curso de Licenciatura em Física do Núcleo de Curuçá.

Inscrições – O evento é gratuito, com inscrições realizadas no ato do credenciamento. Haverá certificado de 5h para os participantes.

Serviço:
I Workshop de Tecnologias para o Ensino de Física
Palestra: “Ensino Híbrido e Aprendizagem Criativa no Ensino de Ciências”
Data: 15/02/2019
Horário: a partir das 8h (credenciamento)
Local: Auditório do Núcleo Universitário de Curuçá – Profa. Jacira Nunes Ferreira
Investimento: Gratuito

Texto: Faculdade de Física/Campus de Ananindeua
Imagem: Núcleo de Curuçá – Divulgação

Tese de doutorado destaca pesquisas desenvolvidas no Clube de Ciências da UFPA/Castanhal

O Clube de Ciências Professor Cristovam Diniz vem atuando, desde 2015, no sentido de implementar um ambiente alternativo de ensino de Ciências e Matemática, em prol da popularização da ciência, da iniciação científica infanto-juvenil e da formação inicial e continuada de professores.

A ideia do Clube surgiu a partir das discussões do Grupo de Estudo, Pesquisa e Extensão FormAÇÃO de Professores de Ciências, coordenado pelo professor doutor João Malheiro, da Faculdade de Pedagogia da UFPA/Castanhal. De acordo com o docente, as metodologias para o ensino de Ciências desenvolvidas dentro do Clube são objeto de pesquisas de alunos de pós-graduação por ele orientados.

“Três dissertações, que tiveram o Clube como locus da pesquisa, já foram defendidas. E, em março, teremos a defesa da tese de doutorado intitulada ‘Desenvolvimento Profissional Docente em perspectiva do ensino por investigação em um clube de ciências da UFPA’, do discente Carlos José Trindade da Rocha, vinculado ao Programa de Doutorado em Educação em Ciências e Matemática (PPGECM). Será um marco de consolidação do Clube como espaço de ensino, pesquisa e extensão”, comemora o professor Malheiro.

O doutorando Carlos José da Rocha conta que desenvolveu o interesse pelo Clube de Ciências, a partir de seu ingresso no Grupo de Estudos.

“Como orientando do professor João Malheiro, recebi o convite para participar do Grupo FormAÇÃO, que discute diversos assuntos científicos. Procurei discutir ideias sobre o ensino por investigação, o que me levou a conhecer e participar do Clube de Ciências Prof. Dr. Cristovam Diniz. Nesses espaços, tive liberdade para expressar minhas ideias, críticas e concepções.”

O discente do PPGECM também explica como contribui com o que é desenvolvido dentro do Clube de Ciências.

“Já colaborei na produção de mais de 40 trabalhos acadêmicos aprovados em eventos locais, estaduais, nacionais e internacionais e em mais de 10 publicações em revistas de Qualis A1 a B3 durante dois anos de curso e de convivências em comunidades, às quais denomino, em minha pesquisa, como Comunidades de Práticas Investigativas. Entendo que minha participação nessas comunidades foi de fazer provocações e possibilitar outros olhares para a prática docente e para o ensino por investigação”.

Carlos Rocha, que também é professor de escolas públicas da educação básica, já pesquisou, em dois mestrados, a experimentação no ensino de química em Castanhal. Uma das pesquisas teve como foco a experimentação e aprendizagem significativa. Já no segundo mestrado, ele se debruçou sobre eficácia do professor na perspectiva do ensino por investigação.

“Logo que concluí o segundo mestrado, entrei no doutorado na UFPA. Ao ver a dedicação e a paixão do professor João Malheiro no sentido de proporcionar um ensino de ciências com alegria e prazer para alunos com vulnerabilidade social, mudei o olhar inicial de pesquisa, sem perder a essência do objeto de investigação inicial. Percebi que o processo formativo dos professores que ali estavam poderia melhorar, considerando o professor como professor-pesquisador. Portanto, a motivação continuou na tese de que o Desenvolvimento Profissional Docente, em perspectiva do ensino por investigação, permite aos professores protagonismo investigativo, reflexão e intervenção na realidade”.

A pesquisa de doutorado que será defendida e apresentada no dia 07 de março, às 9h, no Instituto de Educação Matemática e Científica (UFPA/Belém), sala 119, destaca que o Clube de Ciências Prof. Dr. Cristovam Diniz da UFPA/Campus Castanhal contribui e é uma referência no Brasil em quantidade de publicações na área.

“Como digo, é um laboratório de pesquisa aberto, porém, que precisa ser melhor explorado e aproveitado pelos alunos dos diversos cursos da UFPA/Campus Castanhal, bem como, de trabalhos colaborativos e cooperativos entre os professores do Campus Castanhal”, conclui o professor Carlos Rocha.

O Clube de Ciências funciona aos sábados, das 8 às 11h, no Campus da UFPA em Castanhal e atende a crianças da educação básica (5º e 6º anos) das escolas públicas do entorno da universidade. Para mais informações, entre em contato com o coordenador pelo e-mail joaomalheiro@ufpa.br.

Serviço

Defesa de Doutorado

Título: “Desenvolvimento Profissional Docente em perspectiva do ensino por investigação em um clube de ciências da UFPA”
Discente: CARLOS JOSÉ TRINDADE DA ROCHA
Data e horário: 07/03/2019, às 09h
Local: Instituto de Educação Matemática e Científica (UFPA/Belém), SALA 119

Banca examinadora:

Prof. Dr. João Manoel da Silva Malheiro (Presidente)
Prof.ª Dr.ª Ana Cristina Pimentel Carneiro de Almeida (Membro Interno)
Prof. Dr. Carlos Aldemir Farias da Silva (Membro Interno)
Prof. Dr.ª Maria Helena Altarugio (Membro Externo – UFABC)
Prof.ª Dr.ª Maria Lídia Paula Ledoux (Membro Externo – Campus Castanhal/UFPA)
Prof. Dr. João Batista Santiago Ramos (Membro Suplente – Campus Castanhal/UFPA)

Texto: Paula Lopes – Ascom UFPA/Castanhal
Imagens: Divulgação

UFPA divulga listão do Processo Seletivo 2019

Após o Desembargador Federal Daniel Paes Ribeiro, do Tribunal Regional Federal da Primeira Região, acatar o recurso da UFPA e suspender a liminar que impedia a divulgação do Resultado do PS 2019, o listão foi finalmente divulgado.

Mais de 88 mil estudantes se inscreveram para concorrer a uma das 7.347 vagas ofertadas pela UFPA neste ano. Para o Campus de Castanhal foram reservadas 430 vagas, sendo que 80 delas oferecidas em municípios que irão receber turmas flexibilizadas sob a responsabilidade do Campus.

Os aprovados devem, agora, ficar atentos aos Editais de Habilitação do PS 2019, que trazem informações sobre a documentação necessária para efetivar o vínculo com a UFPA. Os editais estão disponíveis no site www.ciac.ufpa.br.

Atenção – Segundo o Centro de Registro e Indicadores Acadêmicos da UFPA (CIAC), a maioria dos indeferidos no período da habilitação é de cota renda.  Isso é causado pelo esquecimento de documentos necessários para comprovação de renda.

Outro grande motivo para indeferimentos é a falta de comprovação quitação militar (para homens acima dos 18 anos) e eleitoral. De acordo com o CIAC, o candidato deve apresentar comprovação de votação dos dois turnos das últimas eleições ou, como é mais recomendado por ela, uma declaração emitida diretamente do site do tribunal.

Importância do Edital – O CIAC ressalta a importância dos calouros lerem o edital completo, para evitar perder a vaga por um esquecimento. Após a leitura do edital, caso o candidato ainda tenha dúvidas, é possível enviar questões para o e-mail do CIAC: ciac@ufpa.br.

Texto: Paula Lopes – Ascom UFPA/Castanhal, com informações da Ascom UFPA/Belém
Imagem: Divulgação

Divisão de Assistência Estudantil leva orientações a alunos das turmas do período intensivo

Alunos dos cursos intensivos (intervalares) da UFPA começaram mais um período letivo no dia 03 de janeiro e, no Campus de Castanhal, a equipe da Divisão de Assistência Estudantil (Daest) está realizando visitas às turmas para orientá-las sobre os auxílios existentes para os discentes.

“No momento não há editais abertos para os cursos intervalares, pois a divulgação é prevista para o mês de julho, porém, os discentes foram orientados sobre períodos de inscrições e demais auxílios ofertados por instrução normativa, os quais têm sua publicização mensal, disponível no site da SAEST e no próprio SIGAEST do aluno”, pontuou a psicóloga Jucélia Flexa.

A equipe deu ênfase a auxílios como moradia estudantil, Bolsa Permanência do MEC destinado a alunos indígenas e quilombolas, PES e PROAP, sendo, este último, a oferta de serviços de atendimento/acompanhamento social, psicoeducacional e pedagógico.

“Os alunos interessados podem nos procurar no prédio do Multidisciplinar, onde funciona o Clube de Ciências, ao lado do GETI, no Campus I ou pelo e-mail daestcampuscastanhal@gmail.com”, informou a psicóloga.

As orientações repassadas pela equipe também foram levadas, nesta terça-feira (22), até o polo de Mãe do Rio, onde houve encontros com alunos de Letras, Pedagogia e Sistemas de Informação.

A Daest em Castanhal conta, atualmente, com psicóloga, nutricionista, pedagoga e assistente social.

Para mais informações sobre Assistência Estudantil na UFPA, clique aqui.

Texto: Paula Lopes – Ascom UFPA/Castanhal
Fotos: Divulgação Daest

Cursinho Logos Pré-Enem da UFPA/Castanhal está com inscrições abertas

O Cursinho Logos Pré-Enem é um projeto de extensão do Campus da UFPA em Castanhal, que iniciou suas atividades em 2015 e vem preparando estudantes para o Exame Nacional do Ensino Médio e para outros processos seletivos que ofertam vagas no Ensino Superior.

O cursinho conta, hoje, com a parceria das faculdades que possuem cursos de Licenciaturas no Campus, que disponibilizam acadêmicos para ministrarem aulas como professores voluntários, possibilitando a prática docente a esses graduandos, que serão futuros profissionais. Mas há, também, professores formados atuando no projeto.

O professor Davi Souza, que faz parte da equipe que coordena o Cursinho Logos, explica quais são os requisitos para se inscrever.

“Os interessados precisam ter concluído o Ensino Médio ou estarem cursando, em 2019, o terceiro ano. As vagas são, preferencialmente, para os alunos de escolas públicas do bairro do Jaderlândia, mas nós poderemos atender a outros alunos, também, caso sobrem vagas”.

Documentos – Os candidatos às vagas do cursinho Logos devem trazer, ao Prédio do GETI na UFPA, no período de 21 a 25 de janeiro, originais dos seguintes documentos: RG, CPF, comprovante de residência, certificado de conclusão do ensino médio ou declaração de que está cursando o último ano e uma foto 3×4. O horário para inscrições vai das 8h30 às 11h30 e das 14 às 17h30.

As aulas no Cursinho Logos ocorrem das 18 às 21h40, de segunda a sexta, no Prédio do GETI, na UFPA e começam no dia 29 de janeiro.

Para mais informações sobre o Cursinho Logos Pré-Enem, acesse: https://www.facebook.com/logoscursinho.

Texto: Ascom UFPA/Castanhal

ProfMat realiza segunda chamada para matrícula

A Coordenação do Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional (PROFMAT), do Campus Universitário de Castanhal, informa que houve duas desistências de matrícula por parte de candidatos classificados no ENA2019.

Assim, estão convocados para matrícula em segunda chamada, os candidatos abaixo:

Patrick Lopes Martins
Johnatas Santiago Cunha de Araújo

Os convocados devem comparecer à Secretaria da Faculdade de Matemática, no Prédio Administrativo do Campus I (Jaderlândia), no período de 14/01 a 16/01/2019, no horário das 9h às 12h e das 14h às 17h, para efetuarem a sua matrícula no curso, trazendo original e cópia dos seguintes documentos:

– Diploma de curso de graduação reconhecido pelo MEC,
– Histórico escolar de graduação,
– Documento oficial de identidade com foto CPF,
– CPF,
– Curriculum Vittae no modelo da Plataforma Lattes (CV Lattes),
– 2 fotos 3×4

Texto: Divulgação

Divulgado o edital do Programa Institucional de Bolsas de Extensão – PIBEX 2019

A Pró-Reitoria de Extensão da Universidade Federa do Pará (Proex/UFPA) acabou de divulgar o edital 2019 do Programa Institucional de Bolsas de Extensão – Pibex, que vai conceder 350 bolsas de extensão no valor de R$ 400,00.

O objetivo do Pibex é fomentar o desenvolvimento de programas e projetos de extensão universitária. Além disso, as bolsas oferecidas aos alunos de graduação funcionam como um apoio à formação acadêmica e proporcionam uma vivência extensionista integradora.

As inscrições para o Pibex 2019 estarão abertas no período de 17 de janeiro a 08 de fevereiro e devem ser realizadas, exclusivamente, pela Plataforma SISAE (http://proex.ufpa.br/sisae/), por meio de preenchimento de formulário e anexação de documentos solicitados no Sistema.

Requisitos – Podem submeter proposta de programa ou projeto, na condição de coordenador, docentes e técnico-administrativos de nível superior que integram o quadro efetivo da UFPA. A proposta deve ser previamente aprovada pelo colegiado de sua unidade acadêmica e enquadrar-se em uma das oito áreas temáticas da extensão: Comunicação, Cultura, Direitos Humanos e Justiça, Educação, Meio Ambiente, Saúde, Tecnologia e Produção, Trabalho.

Avaliação – As propostas serão encaminhadas a dois avaliadores que irão analisar se as diretrizes da extensão foram atendidas; a relevância social das propostas; se há coerência entre objetivos e metodologia; e a Metodologia proposta. Quem receber notas inferiores a 7.0, numa escala que vai de 0 a 10, está automaticamente desclassificado. Caso haja discrepância entre as notas apuradas pelos dois avaliadores, um terceiro será consultado.

Serviço:
Programa Institucional de Bolsas de Extensão – Pibex 2019
As propostas devem ser encaminhas por meio da Plataforma SISAE
Período de inscrição: de 17 de janeiro a 08 de fevereiro de 2019
Mais informações: consulte o edital

Texto: Paula Lopes – Ascom UFPA/Castanhal, com informações da Assessoria de Comunicação da Proex

Metodologias criativas para o ensino de Ciências serão debatidas em palestra no Campus de Castanhal

No dia 19/01/2019, sábado, ocorrerá a palestra intitulada “Ensino Híbrido e Aprendizagem Criativa no Ensino de Ciências”, realizada pelo Curso de Especialização em Ensino de Ciências com Ênfase em Física do Campus de Castanhal/UFPA.

Com o apoio dos Campi de Ananindeua, Castanhal e FADESP, a palestra será proferida pelo Prof. Sandro Viana, que há dois anos vem desenvolvendo atividades de iniciação científica nas escolas de Educação Básica do município de Ananindeua.

O evento  Contará com a participação dos alunos do Curso de Especialização e é aberto ao público em geral interessado na temática. “A intenção da palestra é difundir o tema Ensino Híbrido, que vem sendo bastante discutido e aplicado como metodologias ativas nas escolas brasileiras. Metodologia Ativa faz parte da ementa do componente curricular – Metodologias de Aprendizagem no Ensino de Física do curso de Especialização, uma excelente iniciativa através da palestra para um amplo debate com os participantes”, destacou o Prof. Dr. Marcos Costa, coordenador da Especialização.

Programação  O credenciamento ocorrerá às 8 horas. A palestra iniciará às 9h e, às 10h, haverá sessão de pôsteres e uma mostra de produtos educacionais dos alunos do curso de graduação em Ciências Naturais e Engenharia de Materiais da UFPA.

Inscrições  O evento é gratuito, com inscrições realizadas no ato do credenciamento. Haverá certificado de 5h para os participantes.

Serviço:
Palestra: “Ensino Híbrido e Aprendizagem Criativa no Ensino de Ciências”
Data: 19/01/2019
Horário: a partir das 8h (credenciamento)
Local: Auditório Nazaré Sá – Campus I da UFPA/Castanhal (Jaderlândia)
Investimento: Gratuito

Texto e imagem: Divulgação – Especialização em Ensino de Ciências

Grupo de Educação na Terceira Idade da UFPA/Castanhal prorroga prazo para matrículas

O Programa Grupo de Educação na Terceira Idade (GETI), vinculado à Faculdade de Pedagogia do Campus da UFPA em Castanhal, vem, há 20 anos, contribuindo com a educação de jovens, adultos e pessoas idosas, a partir de ações educativas, culturais, físicas voltadas às várias dimensões do envelhecimento humano.

Dentre os projetos do GETI, destacam-se: Educação Formal, com turmas de 1ª e 2ª Etapas da Educação de Jovens e Adultos – EJA, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação; Atualização Cultural, com promoção de oficinas, palestras e outras atividades culturais; Bem-Estar Físico, com atividades físicas diversas, como caminhadas, danças, ginástica terapêutica, capoeira, natação e musculação; Inclusão Digital para Pessoa Idosa do GETI, com aulas de informática básica e avançada para pessoas com 50 anos ou mais.

As matrículas para as atividades do Programa foram prorrogadas até 18 de janeiro, das 14 às 17h, no Prédio do GETI, que fica no Campus I da UFPA, no Jaderlândia. Os interessados em se inscrever em uma das turmas da 1ª ou da 2ª etapa precisam ter, no mínimo, 15 anos (e não ter concluído os estudos na idade apropriada) e apresentar cópia e original dos seguintes documentos: certidão de nascimento ou casamento, CPF, RG, 2 fotos 3×4, comprovante de residência, cartão do SUS e histórico escolar para quem vai se matricular na segunda etapa. As aulas começam no dia 29 de janeiro, no horário da tarde.

Para os demais projetos do GETI, os interessados precisam ter idade a partir dos 50 anos e devem apresentar RG, CPF e comprovante de residência.

Serviço:
Matrículas para turmas de 1ª e 2ª Etapa da EJA e demais projetos do GETI
Período: até 18/01/2019
Horário: 14 às 17h
Local: Prédio do GETI, Campus I da UFPA no Jaderlândia

Texto: Paula Lopes – Ascom UFPA/Castanhal