Home » Computação

Category Archives: Computação

Faculdade de Computação realizará eleições para representação estudantil

Em abril, será realizada a eleição para Representação dos Estudantes de Computação da UFPA/Castanhal. Dois representantes de cada curso da Faculdade de Computação serão eleitos para o mandato de um ano.

A primeira etapa do processo eleitoral é a inscrição de chapas, que deverá ser feita até o dia 17 de março, por meio do link https://goo.gl/forms/2CZRBHCmU2QU2Wgp2.

As chapas inscritas deverão ser formadas, obrigatoriamente, por dois discentes, sendo que, alunos de Engenharia de Computação devem compor suas próprias chapas, assim como alunos de Sistemas de Informação, já que cada curso irá escolher os seus representantes, em urnas separadas. No ato da inscrição, é necessário informar quem será o primeiro e o segundo representante da chapa. Veja como ficará a representação:

O período de campanha oficial será do dia 21/03/2019 até a data da eleição, marcada para dia 05 de abril de 2019.

São eleitores todos os discentes vinculados aos cursos de Engenharia de Computação e Sistemas de Informação.

Para mais informações, consulte o Regimento Eleitoral.

Texto: Paula Lopes – Ascom UFPA/Castanhal

Alunos da Faculdade de Computação são convocados para assembleia extraordinária

A Representação dos Estudantes de Computação (RECOMP) convoca todos os discentes (calouros e veteranos) vinculados à Faculdade de Computação (FACOMP) do Campus de Castanhal a comparecerem à Assembleia Extraordinária, que acontecerá às 14h30 do dia 15/02 (sexta-feira), no auditório do GETI.

Os assuntos abordados serão:

– Oficialização do Centro Acadêmico,

– Aprovação do primeiro estatuto,

– Convocação de eleição.

Consulte aqui estatuto da RECOMP.

Texto e imagem: Divulgação

Divulgada a programação da VI Jornada de Inclusão Digital do Campus de Castanhal

A JID (Jornada de Inclusão Digital) é um evento organizado anualmente pela Faculdade de Computação (FACOMP) do Campus da UFPA em Castanhal. Chegando a sua sexta edição, o evento traz como tema principal “Internet das Coisas”.

Com este tema, a VI JID busca promover o debate sobre a expansão da Internet atual, divulgar a produção científica realizada pelos alunos da FACOMP, promover a troca de experiências com as instituições de ensino da região e proporcionar ampliação e formação de networking nos temas debatidos durante o evento.

Junto com a sexta edição da JID,vai ocorrer a II edição do Arduíno Tech, evento que também será promovida pela FACOMP e que visa estimular a troca de experiências em desenvolvimentos de soluções com arduíno, hardware livre e sistemas embarcados.

A programação está estruturada em dois dias de evento e contará com comunicações orais, palestras, relatos de experiências e oficinas de caráter teórico-prático. Confira a programação aqui. 

As inscrições já foram encerradas e o vento será realizado no Auditório do GETI, UFPA – Campus Universitário de Castanhal, nos dias 20 e 21 de novembro.

Texto: Thiago Bertolino – Ascom UFPA/Castanhal

Conheça a Link Jr., Empresa Júnior de Tecnologia do Campus Castanhal

A Link Jr. é uma Empresa Júnior de Tecnologia e funciona no Campus I da UFPA em Castanhal. Atualmente, é prestadora de serviços na Área de TI e soluções tecnológicas. Foi oficializada em 2017, mas já atua desde 2015. Seu principal ramo é o desenvolvimento de sistemas. O quadro de colaboradores é composto por discentes dos cursos de Sistemas de Informação e Engenharia de Computação.

Para quem desconhece o assunto, pode soar estranho uma empresa dentro da universidade. Mas, na prática, é algo descomplicado. Pode-se chamar de Empresa Júnior aquela que está na categoria de Associação Civil sem Fins Lucrativos, em que toda receita gerada é utilizada, em geral, para a manutenção e infraestrutura da própria empresa, assim como investida em cursos de capacitação para os voluntários envolvidos, ou seja, para um bem comum.

As empresas juniores são formadas e geridas, exclusivamente, por alunos do ensino superior e técnico de cursos universitários, visando a formação dos discentes. Moysés Lycá, aluno da Faculdade de Computação e um dos representantes da Link Jr. dá mais detalhes sobre o assunto.

“Os objetivos são fomentar o aprendizado prático do universitário em sua área de atuação, aproximar o mercado de trabalho das academias e os próprios colaboradores da empresa (os discentes em si), além de uma gestão autônoma em relação à direção da faculdade ou centro acadêmico”.

Esse tipo de empresa atende às necessidades dos alunos, que, por meio da união teoria/prática promovem o desenvolvimento local e disseminam o conhecimento nas mais diversas áreas do conhecimento, profissionalizando os empresários envolvidos.

Projetos – Atualmente, a equipe da Empresa Júnior de Tecnologia do Campus está envolvida em diversos projetos. Um deles é o Sistema de Gerenciamento de Refeições, que vai permitir a organização e a venda segura de todas as refeições que serão disponibilizadas pelo Restaurante Universitário, o qual está em fase de implantação.

Para contatar a empresa e para outras informações, basta acessar o site: http://linkjrcastanhal.ufpa.br.

Texto: Tiago Ferreira e Paula Lopes – Ascom UFPA/Castanhal

Curso de Engenharia da Computação do Campus da UFPA de Castanhal recebe nota quatro na avaliação do MEC

A Faculdade de Computação (Facomp) do Campus da UFPA de Castanhal recepcionou nos dias 19 e 20 de abril deste ano, uma equipe do Ministério da Educação (MEC), que veio ao Pará com a finalidade de avaliar o curso de Engenharia da Computação. A partir da nota obtida, o curso recebeu a Portaria de Reconhecimento, que foi publicada neste mês de junho no Diário Oficial da União (DOU).

“A comissão do MEC avaliou a qualificação do corpo docente e a estrutura física do Campus e atribuiu a nota 4 ao curso, a qual é bastante satisfatória, pois o ranking vai até 5. Isso significa que o curso foi reconhecido e podemos continuar formando Engenheiros da Computação para o mercado de trabalho, pois o diploma é validado pelo MEC, ou seja, reconhecido nacionalmente”, explicou o vice-diretor da Facomp, professor José Jailton, que também destacou a importância da nota.

“Esse conceito 4 é bastante relevante para a Faculdade e, consequentemente, para o Campus Universitário de Castanhal, por ter mais um curso reconhecido pelo MEC”.

As avaliações periódicas do Ministério da Educação (Mec) são fundamentais, pois são responsáveis pela regulamentação dos cursos de graduação em atividades no Brasil. A instituição que é avaliada, fiscalizada e orientada dentro dos padrões de qualidade necessários à excelência do ensino superior, garante ao discente um ensino de qualidade, segurança e validade do diploma em todo território nacional e preparação acentuada para maior aceitação no mercado de trabalho.

Facomp – A Faculdade de Computação do Campus de Castanhal era chamada de Faculdade de Sistemas de Informação quando começou suas atividades em 2009, apenas com o curso de Sistemas de Informação. Em 2013, passou a contar com o curso de Engenharia da Computação e, por isso seu nome foi mudado. O corpo docente é composto por 17 servidores, sendo 9 doutores. Inúmeros projetos de ensino, pesquisa e extensão são desenvolvidos pela Facomp e o trabalho da equipe foi reconhecido como exitoso pela comissão do MEC, que avaliou o curso de Engenharia.

A nota 4 e a Portaria do MEC incentivam a comunidade acadêmica a continuar no rumo de crescimento e de melhorias dos serviços prestados à sociedade, cumprindo, assim, a missão institucional da Universidade Federal do Pará, que é “produzir, socializar e transformar o conhecimento na Amazônia para a formação de cidadãos capazes de promover a construção de uma sociedade inclusiva e sustentável”.

Texto: Paula Lopes e Elluane Oliveira – Ascom UFPA/Castanhal
Imagem: Divulgação Google